sábado, dezembro 27, 2008

Como tudo nunca deveria ter deixado de ser


Tenho certeza que se hoje inventassem uma máquina do tempo, não haveria ser humano vivo na Terra que não ia querer usa-la.
Tudo na vida vai passando, e vc vai vivendo tão rápido, de uma forma tão passageira que nem tem tempo pra descobrir o quanto é bom.
Aqueles seus melhores amigos, a turma inseparável, os momentos mais simples com eles, ainda fazem vc sentir um frio na barriga qdo vc lembra?
Um tempo atras eu reclamava da mesmisse, daquele pessoal q não mudava nunca, das coisas sempre repetitivas q a gnt fazia, a liberdade q eu não tinha, da infancia que não acabava nunca...aí vc infelismente vai crescendo, e tudo aquilo q vc maaaais queria deixar pra tras, fica pra tras e de repente é tudo o que te falta pra te fazer feliz.
Ainda me lembro das épocas em que realmente tinha férias. Eu não precisava trabalhar, e dinheiro era coisa de gente grande! Acabavam as aulas, acabavam minhas preocupações...eu só tinha de acordar as 10 da manha, me trocar e subir uns lances de escada pra chamar minha melhor amiga pra brincar.
A gnt passava o dia andando de bicicleta, skate, patins, brincando de escritótio, boneca, barbie, preparando pique-niques e imitando as cenas das novelas.
17hs em ponto era hora de subir pra casa, lavar a louça, arrumar as camas e sentar no sofá pra assistir 'MALHAÇÂO', depois da malhação tinha 'DISK MTV' e a VJ Sarah, com os melhores clipes q a MTV ja apresentou. Aí os pais chegavam, as maes praparavam a janta, a gnt tomava banho, jantava e voltava a brincar no corredor do prédio.
Assim, sem nenhuma preocupação ou responsabilidade...tinha férias até q a gnt inventava de ser saudavel e acordar cedo pra fazer caminhada, mas nunca durou mais do q 2 dias.
Em dias de tédio a turma se juntava e brincava de caça ao tesouro, siga a seta, pé na lata, rela ajuda e as vezes até de driblinha hahahaha...AH se eu soubesse como era bom!
Éramos geralmente em 4, as vezes 5 meninas, mas o tempo foi mostrando afinidades diferentes e o circulo foi fechando e as panelinhas foram formando naturalmente.
Nós 2, éramos unha e carne, a gnt crescia junto. As outras 2 não queriam ficar de fora, mas tbm não queriam pensar como nós.
Como processo natural na vida de todas as crianças, todo mundo foi crescendo e aí as amizades começaram a misturar entre meninas e meninos...e assim tbm começou a surgir os conflitos.
O condomínio era grande, mas eu lembro bem qdo AQUELE menininho todo tímido e metído chegou na turma, foi a sensação das menininhas e todas queriam ser a escolhida dele.
Qdo ele decidiu andar com a NOSSA turma, parece-me bem que não houve uma boa aceitação das outras meninas. Tava então decidido, éramos nós duas meninas, e tantos outros muitos meninos...A gnt nem se importava, ngm queria mais brincar de boneca mesmo, a gde sensação era arrancar umas bitoquinhas no 'verdade ou desafio'.
Houve então a época em que o grito da indepencia maxima era dada todos os sabados qdo andavamos por cansativooos minutos até a estaõ, subiamos no trem só pra ir no shopping...mesmo sem ter o que fazer, era o maximo! Geralmente nós 4, a gnt nem ligava! Era muito legal! Velhos novos amigos...
Eu nem percebi direito, mas daí chegou A terceiro elemento na nossa dupla e ficou completo. Éramos definitivamente 'As meninas super-poderosas' e tudo era entre nós 3.Divisão igualmente justa, momentos inegualáveis, nçao havia diferença, não tinha briga, não tinha discórida. Era perfeito, e o melhor, a turma toda aprovou.
COMO ASSIM? Ja? A gnt tinha crescido e nem se deu conta, as brincadeirinhas bobas e inuteis deram lugar as brincadeirinhas maais apimentadas.
A mesma turma, o mesmo jeito, a mesma cumplicidade, descobrimos coisas juntos, ensinamos, aprendemos, erramos, concertamos e nos divertimooos muito.
Nos momentos SÓ MENINAS, a ordem era separar 50,00 do salário, fazer a mochila e rumar pra PG. Assim, sem complicações. Eu estabeleci, todo mundo concordou.
Cinquenta conto dava pras passagens do expresso brasileiro eee pra se virar por la. Na mochila um shorts, duas blusinhas, uma saia talvez, roupas de baixo, bikini, toalha, miojos e cheddar. No pé só havainas...na ída, durante e na volta. E o final de semana era perfeito.
Eu nem vi tudo isso passar...qto mais a gnt inventava, melhor era.
Pra 'fechar' com chave de ouro...aqueeeeeeeeeeeeeeeela viagem. Ate hj não me lembro direito de como tudo aconteceu, só sei q sem muitos planos, a gnt tava la...11 marmanjões e uma chacara inteira só pra gnt por um fds inteiro! Foi demaaaaaaaaais!
Nessa hr todo mundo se organizou e foi o melhor fds q eu posso me lembrar.
Depois veio a faculdade e aí todo mundo se enjoou. Ngm mais queria passar as sextas, sabados e até domingos andando sob sol ou chuva pra comer batata frita e tomar um chop de vinho na adega! Afinal a gnt ja tava perto dos 18 e isso tava ficando chato.
Eu...bom, eu comecei a namorar, arranjei uma nova turma e sumi do mapa. O resto do pessoal ainda se reunia as vezes, mas parece q não era a mesma coisa.
Esses tempos atras eu decidi voltar...foi tão bom ter muitos braços abertos me esperando que até me bateu um remorso, mas amizade de verdade é isso aí...não importa quem some, quem desaparece, quem esquece, todo mundo vai estar sempre esperando pelo retorno.
E é tão confortante saber que a qqr hora, em qqr momento podemos sentar la no morro e rir das mesmas coisas e sentir q somos amigos não importa o tempo q passe.




















º Leka, Fe, Edinho, Ari, Mauricio, Kel...não importa quando, como, onde, vcs estão pra sempre aqui .s2. Eu amo vcs com toda a sinceridade do meu coração.
(agregados momentaneos tbm fizeram nossa vida, nossos momentos felizes, mas quem é de vdd fica pra sempre, e esses são vcs, somos nós.)

10 comentários:

· Dany Souza disse...

Ás vezes crescer é doloroso e nós sempre temos aquela vontade de voltar a ser criança ou voltar a certos momentos da vida que talvez nunca aconteçam de novo.
Fazer oque, são fases da vida que servem pra ficarem marcadas mesmo.
Beijoos
Adoro o seu blog!

.•*´*•☆Thamara•*´*•☆ disse...

Big beeijão eu adoro o seu blog

ALEKSANDRA disse...

aiai...que saudade de tudo isso
o bom é que vivi contigo todas essas experiencias.

amo-te
pra sempre miga do meu coração
=]

· Dany Souza disse...

Oii. Eu sou do blog Reflecting a mind of Stories. Vim dizer que te indiquei a dois selos. Espero que goste.
Beijoooos!
Boa semana pra vc

www.secrets-specials.blogspot.com

· Dany Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MaH disse...

Eu sei bem como é... senti isso tb, mas a melhor parte de crescer é saber que fizemos história na vida e nos corações das pessoas!
adorei seu blog!

Mundo da música disse...

Tiipo. Ultimamente tenho tido lembraças da minha infância, todas elas vindo na minha cabeça muito rápido. Até que é bom, pois agora sei que fui sim importante na vida de alguem no passado, que já fiz alguem feliz, que fui feliz ou melhor ainda: que sou feliz.

Confesso que me indentifiquei muito com o post. Aliás, sempre que posso tô aqui, ler e comentar é sempre legal.

Tens razaum quando diz que ás vezes num sobra tempo. Afinal, quando crescemos vem a responsabilidade e os deveres. Se acustamar pode ser fácil, o dificil é deixar as coisas mais legais que faziamos quando tinhamos tempo pra trás. É chato.!

Fico por aqui, bjos e espero o proxiimo post.!

Lob Eng disse...

Thanks, but are those in Spanish?,Brazilian do speak Spanish right?

I can see you are versed in the English language, so I really looking forward for your English post...

Júlia. disse...

Adoreei :D
Bom, eu só digo que realmente, a parte 'crescer' da vida são os melhores dias que a gente pode ter (:

Beeijo adorei o blog :*

Camiℓℓa ³ disse...

Eeii...
Bom, soh vi teu coment hj =/
Poutz, eu vi teu blog numa revista
Axo q era atrevida ou capricho, sei la... --'
Mas tah valendo
Bjaaum aew
;*